Cópia de Cópia de Cópia de Cópia de blog - SAIBA QUAIS SÃO OS DIREITOS PARA DISPENSA SEM JUSTA CAUSA

SAIBA QUAIS SÃO OS DIREITOS PARA DISPENSA SEM JUSTA CAUSA

dezembro 13, 2017 - @medicon

Sem comentários

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A dispensa sem justa causa ocorre quando o empregador ou o empregado decidem por fim ao contrato de trabalho sem motivo grave atribuído a uma das partes. Quando a dispensa ocorre por parte do empregado é popularmente chamado “pedido de demissão”.

Nesse caso, a empresa deve ao funcionário desligado uma série de garantias trabalhistas previstas no artigo 477 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e também no artigo 7º da Constituição Federal, que estabelecem a indenização de trabalhadores demitidos.

No ato da dispensa fique atento, pois dependendo da modalidade formalizada terá direito a certas parcelas rescisórias. Acompanhe agora!

 

Dispensa Sem Justa Causa Por Parte do Empregador

– Aviso Prévio Indenizado: o empregado deve ser avisado previamente sobre a sua dispensa e continuar trabalhando por pelo menos 30 dias

– Saldo de Salário: se a dispensa acontecer antes do pagamento do salário do mês o empregado receberá junto com as verbas rescisórias

– 13° salário proporcional aos meses trabalhados

– Férias proporcionais acrescidas de 1/3 constitucional

– Férias vencidas e não gozadas acrescidas de 1/3 constitucional – estando vencidas a mais de 12 meses deverão ser pagas em dobro

– FGTS sobre as parcelas da rescisão

 – Multa de 40% sobre o saldo da conta vinculada do FGTS

– Saque do FGTS

– Seguro Desemprego

 

Dispensa Sem Justa Causa Por Parte do Empregado

O empregado que solicitar seu desligamento do trabalho deverá avisar previamente (30 dias) ao empregador para que nesse tempo possa reorganizar seu quadro de pessoal com a admissão de outro trabalhador. O empregado que não trabalhar durante esse período dará ao empregador o direito de descontar-lhes o salário correspondente ao prazo respectivo.

Terá direito as seguintes parcelas:

– Saldo de Salário

– 13° salário proporcional aos meses trabalhados

– Férias proporcionais aos meses trabalhados acrescidos de 1/3 constitucional – estando vencidas a mais de 12 meses deverão ser pagas em dobro

Não terá direito de sacar o saldo do FGTS nem de receber a multa dos 40% ou seguro desemprego.

 

Prazo Para Pagamentos

Se a empresa avisa previamente ao trabalhador sobre sua demissão, o pagamento deve ser efetuado no primeiro dia útil seguinte ao término do aviso. Já no caso de aviso prévio indenizado, o prazo para o acerto é de 10 dias, a serem contados a partir do dia que o trabalhador foi notificado sobre a demissão.

Em caso de descumprimento do prazo para pagamento da rescisão, a empresa fica sujeita a multa equivalente a um salário do empregado. Esse valor é revertido para o próprio trabalhador demitido.

Por isso, é importante estar atento aos prazos previstos na legislação, lembrando que o período de 10 dias para casos em que o aviso prévio é indenizado é contado a partir do dia seguinte ao desligamento e não diferencia sábados, domingos e feriados, são contados dias corridos. Se o aviso prévio for trabalhado, o pagamento deve ser feito no próximo dia útil.

Lembre-se: Assim que a Reforma Trabalhista estiver oficialmente implantada e a empresa resolver atuar a sua área de contratações pautadas nas Novas Leis Trabalhistas, alguns pontos podem mudar. Fique atento!

 

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Medicon.

cta medicon 4 600x100 - SAIBA QUAIS SÃO OS DIREITOS PARA DISPENSA SEM JUSTA CAUSA

 

Gostou? Compartilhe esse artigo!

@medicon