BLOG MEDICON 30 750x419 - MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO x PONTO DE EQUILÍBRIO: QUAL A RELAÇÃO?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO x PONTO DE EQUILÍBRIO: QUAL A RELAÇÃO?

novembro 13, 2018 - @medicon

Sem comentários

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Margem de Contribuição e Ponto de Equilíbrio são pontos fundamentais para o sucesso de um empreendimento. Conhecê-los significa ter noção do quanto você precisa faturar para atingir um patamar mínimo de sustentabilidade para seu negócio.

Esses conceitos também refletem o grau de importância de cada produto de seu portfólio sobre essa situação de equilíbrio e podem ser o pontapé para a tomada de decisões estratégicas. Conhecendo-os, você pode saber onde investir, como melhorar seus resultados e em quais produtos apostar para garantir lucros.

Mas, para saber a relação entre a margem de contribuição e o ponto de equilíbrio, é preciso entender alguns princípios básicos, como custos fixos e custos variáveis. Acompanhe agora!

 

O Que São Custos Fixos?

Os Custos Fixos englobam todos os custos que são independentes da operação ou do desempenho do negócio. Ou seja, Custos Fixos são os que ocorrem independentemente do negócio — como as despesas com água, energia e telefone, gastos com fornecedores, entre outros.

 

O Que São Custos Variáveis?

Os Custos Variáveis são aqueles ligados diretamente à performance do negócio, como por exemplo, a compra de matérias-primas. Ao contrário dos Custos Fixos, os Custos Variáveis aumentam ou diminuem, em proporção direta com o volume da produção e das vendas.

 

O Que é Ponto de Equilíbrio?

O Ponto de Equilíbrio é o ponto de atividade (volume de negócios) onde os ganhos são iguais aos custos — ou seja, é o ponto de atividade onde não é há lucro, mas também não há perda. Ele determina quanto dinheiro a sua empresa precisa ganhar antes de começar a gerar lucro.

 

Para Que Serve e Como Calcular o Ponto de Equilíbrio?

Por exemplo, se as despesas da sua empresa são de R$ 1.000 por mês e sua receita também é R$ 1.000 por mês, então a sua empresa está no ponto de equilíbrio. Isso é, o seu negócio é capaz de gerar dinheiro para cobrir suas despesas, mas não está lucrando.

Ou, dito de outra maneira: a sua empresa não está tendo prejuízo, mas também não está lucrando. Para que ela lucre, é preciso aumentar sua Margem de Contribuição e diminuir seu Ponto de Equilíbrio.

Na prática, as empresas não precisam apenas cobrir seus custos operacionais, mas também pagar juros sobre suas dívidas ou ter dinheiro em caixa para investimentos.

 

O Que É Margem de Contribuição?

A Margem de Contribuição é a diferença entre as vendas e os custos variáveis.

Aumentar a Margem de Contribuição de seus produtos significa que a sua empresa precisa aumentar o lucro gerado por cada produto. Para isso, é necessário diminuir os Custos Variáveis ​​associados a cada produto. Para se calcular a Margem de Contribuição é preciso dividir a receita gerada por um produto menos seus Custos Variáveis pela receita gerado por esse produto.

 

Como Calcular a Margem de Contribuição?

Para se calcular a Margem de Contribuição, é preciso dividir a receita gerada por um produto menos seus Custos Variáveis, pela receita gerado por esse produto. A fórmula desse cálculo é:

Margem de Contribuição = [(Receita gerada – Custo variável)/(Receita gerada)]

Por exemplo, se a sua empresa tem um produto que gera R$ 50 de receita e tem Custos Variáveis ​​de R$ 30, sua Margem de Contribuição é determinada pelo seguinte cálculo:

R$ 50 – R$ 30 / $ 50 = 0,40 (40%)

Quando uma empresa aumenta a Margem de Contribuição dos produtos que vende, está diminuindo os Custos e as despesas associados a cada produto e aumentando a quantidade de receita que cada produto gera. O resultado é a diminuição do seu Ponto de Equilíbrio. Isso significa que sua empresa pode gerar menos receita para obter lucro depois de aumentar a Margem de Contribuição para seus produtos do que antes do aumento desse índice.

 

Como Elevar a Margem de Contribuição?

Aumentar a Margem de Contribuição de seus produtos significa que a sua empresa precisa aumentar o lucro gerado por cada produto.

Para isso, é necessário diminuir os Custos Variáveis ​​associados a cada produto. Quando os Custos Variáveis ​​de um produto diminuem, a Margem de Contribuição deste produto aumenta.

Por exemplo, suponhamos — no exemplo que demos para o cálculo da Margem de Contribuição — que a sua empresa reduziu os gastos com matérias-primas, diminuindo seus Custos Variáveis ​​em R$ 10.

Agora, a Margem de Contribuição para esse produto é determinada pelo seguinte cálculo:

R$ 50 – R$ 20 / R$ 50 = 0,60 (60%)

Quando uma empresa aumenta a Margem de Contribuição dos produtos que vende, está diminuindo os Custos e despesas associados a cada produto e aumentando a quantidade de receita que cada produto gera.

O resultado? A redução do seu Ponto de Equilíbrio. Isso significa que sua empresa pode se estabilizar gerando menos receita, ou seja: em produções menores, ela já alcança seu Ponto de Equilíbrio e começa a obter lucro mais cedo.

 

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Medicon.

cta medicon 4 600x100 - MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO x PONTO DE EQUILÍBRIO: QUAL A RELAÇÃO?

Gostou? Compartilhe esse artigo!

@medicon