9 dicas para negociar bem com seus fornecedores medicon 750x419 - 9 DICAS PARA NEGOCIAR BEM COM SEUS FORNECEDORES

9 DICAS PARA NEGOCIAR BEM COM SEUS FORNECEDORES

Maio 26, 2020 - @medicon

Sem comentários

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Uma negociação bem feita com fornecedores é essencial para que empresas sejam mais competitivas no mercado. Sem bons preços, os produtos podem ficar encalhados e isso significa prejuízo na certa. 

Antes de sentar para discutir detalhes de uma nova compra, o empreendedor precisa ter um plano B em mente e procurar saídas do tipo ganha-ganha.

A habilidade de conduzir bem uma negociação com fornecedores é uma das características mais importantes para uma gestão de compras competente. Essa capacidade é essencial para a cadeia produtiva do negócio, uma vez que possibilita efetuar um gerenciamento financeiro com maior equilíbrio e torna a empresa mais competitiva no mercado, com oportunidade de obter os melhores preços e prazos possíveis.

Levando em conta esse contexto, vale a pena investir no desenvolvimento de certos aprendizados, a fim de dominar um repertório amplo de estratégias de negociação válidas para uma série de transações comerciais.

Negociações entre fornecedores e revendedores devem ser bem construídas e estruturadas para o sucesso de um negócio, especialmente no mercado com margens tão apertadas. Esse é um fator de grande importância para a prosperidade dos estabelecimentos, pois o caminho de aquisição de mercadorias, preços competitivos, prazos de pagamento e entrega influenciam na gestão do estoque e lucro da empresa.

É muito importante uma negociação seja satisfatória para distribuidor e revendedor, e a empatia é, sem dúvida, um ingrediente essencial nessa relação. Quando foi a última vez que você renegociou preços com seus fornecedores? Confira agora 9 dicas para negociar bem com seus fornecedores para ajudar a alavancar as vendas.

 

#1 Pesquise e Busque Orientações

Antes de tudo, pesquise sobre o produto e busque alternativas parecidas que existem no mercado. Desconhecer informações sobre o item desejado é uma desvantagem, portanto solicite materiais explicativos e vídeos para seu distribuidor. Analise valores e condições como frente e prazo de entrega.

Para encorajar preços competitivos, converse com pelo menos três fornecedores e os informe de que está procurando outras cotações. Explique a eles que você escolherá o fornecedor que ofereça a oferta mais competitiva. Não se esqueça de ter a qualidade em mente ao considerar as ofertas.

 

#2 Pense Além do Preço

Se o fornecedor não quiser mexer no preço, você pode negociar outros pontos que ajudarão a diminuir suas despesas. Por exemplo, você pode negociar redução do pagamento inicial, desconto para compras em grande quantidade, envio mais rápido sem custos adicionais para você ou melhorias na garantia, como duração ou abrangência. Além disso, se você solicitar e receber prazos mais longos, melhorará seu fluxo de caixa. Você também pode pedir descontos adicionais ao pagar suas faturas antecipadamente.

 

#3 Converse Com Mais de 1 Fornecedor

Para encorajar preços competitivos, converse com pelo menos três fornecedores e os informe de que está procurando outras cotações. Explique a eles que você escolherá o fornecedor que ofereça a oferta mais competitiva. Não se esqueça de ter a qualidade em mente ao considerar as ofertas.

 

#4 Não Aceite a Primeira Oferta

As regras para lidar com um fornecedor são as mesmas de qualquer negociação comercial, e a mais básica delas é nunca aceitar a primeira oferta da outra parte. Em vez disso, você pode fazer uma contraoferta ou pedir que eles façam uma oferta com preço melhor. Justifique esse pedido com a quantidade de negócios que está oferecendo a eles, o fato de querer uma parceria de longo prazo ou porque o preço inclui serviços ou recursos que você não pretende usar.

 

#5 Construa Relacionamentos de Longo Prazo

Uma das razões pelas quais as negociações sempre devem ser boas para ambos os lados envolvidos é que, normalmente, a relação com um fornecedor não se resume a uma única transação, se estendendo durante todo o período de fornecimento do que foi adquirido.

É importante estabelecer relacionamentos de longo prazo com fornecedores recorrentes para desenvolver um laço de confiança, fazendo com que as negociações se tornem momentos mais confortáveis, alcançando o consenso com mais facilidade. Trabalhar o relacionamento com os fornecedores é facilitar a negociação com eles!

 

#6 Seja Flexível 

Ligue a chave da flexibilidade quando entrar em uma negociação. É, sim, muito importante ter objetivos de preço e prazo bem definidos, mas não fique restrito a apenas um valor. Adote uma margem relativamente elástica. Lembre-se de que nenhuma negociação é unilateral. Pode ser preciso, assim, caminhar um pouco na direção do fornecedor, para que o acordo final seja bom para os dois lados. Saiba dosar: seja firme com o mais importante, mas tenha maleabilidade suficiente para viabilizar um bom acordo.

 

#7 Faça Propaganda do Seu Negócio

Manter uma boa imagem do negócio é fundamental para que ele encontre fornecedores de excelência. Assim, manter os pagamentos em dia e honrar os compromissos estipulados são formas que a empresa tem de preservar a sua marca e, ao mesmo tempo, pedir abatimentos.

Os fornecedores são iguais a qualquer outro empresário: Eles querem vender o máximo de produtos possível e gostam dos clientes que podem ajudá-los a atingir essa meta. Ao negociar com fornecedores, deixe claro para eles que você trará oportunidades de negócios em longo prazo. Se você tem um histórico de compras com eles, informe quantos negócios eles podem esperar com base nessas compras. Caso esteja começando, forneça a eles um plano de projeções de vendas baseado em lógica e pesquisa.

 

#8 Tenha um Plano B

Ficar nas mãos do fornecedor durante uma negociação é uma péssima estratégia. É preciso ter outras opções, caso não se chegue a um acordo.

Ter uma alternativa faz parte do trabalho preparatório para uma negociação. Se há várias ofertas no mercado, a negociação fica mais vantajosa. 

Lembre-se de que o outro lado da mesa também vai pesquisar para conhecer seu negócio e é preciso ter informações para chegar a um acordo bom para todos.

 

#9 Conheça Seus Limites

Além do plano B, o empresário precisa ter um limite, seja de preço, prazo ou condições, muito claro na cabeça. Tenha bastante conhecimento da sua própria realidade, principalmente do ponto de vista financeiro. Estabeleça quais são seus limites e qual o preço máximo que pagaria. Essa informação, claro, não deve ser revelada ao outro negociador.

 

As dicas de negociação que abordamos no post têm tudo para fazer a diferença na hora de fechar contratos com fornecedores. Em conjunto são capazes de elevar a qualidade dos serviços e produtos adquiridos, diminuir os custos operacionais da empresa e tornar o negócio mais competitivo diante dos seus concorrentes.

 

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Medicon.

cta medicon 4 600x100 - 9 DICAS PARA NEGOCIAR BEM COM SEUS FORNECEDORES

Gostou? Compartilhe esse artigo!

@medicon